sexta-feira, 14 de maio de 2010

Alice,


Um pouco atrasado, eu sei, porém achei legal que deveria comentar sobre o mais novo filme do diretor Tim Burton.Apesar de nunca ter lido o livro na infância, só ter conferido, agora recentemente, com a chegada do filme, sempre soube mais ou menos como seria a história.No entanto, acredito que esta história tenha mais indagações e filosofia que uma criança ou pré-adolescente espere de um "conto de fadas", e a partir disso, acredito que assim como outras obras - "O Pequeno Príncipe", por exemplo - tornem-se clássicos.Fazendo com que essas obras "envelheçam" e "amadureçam" com o tempo, perante nós.


Algumas coisas no livro nos chamam a atenção, como por exemplo a curiosidade que é quase sempre inerente aos jovens - ou não só ele...- porém, muitas vezes, nem sempre acabam bem;Temos o coelho, que acredito retratar a tendência de nós seres humano querermos fazer sempre mais coisas em menos tempo...E algumas vezes termos medo de superiores no trabalho!Já a Dama de Copas, retratando, uma crítica à monarquia, sendo assim o rei mais frouxo que a rainha;Temos também o chapeleiro louco conjunto de sua lebre de março, em seu eterno chá, querendo dizer as eternas voltas que damos na vida sem chegar a lugar algum...Já os naipes, fazendo com que nos lembremos que cada um tem não só sua função, como seu lugar no mundo.Embora, o que mais saliento, são os questionamentos sobre o ser e o estar, uma diferença no que se sente e o que os outros veem de você...E não só, como outras perguntas, as quais têm várias respostas, mas que nenhuma responda perfeitamente...


Como já tinha mencionado aqui anteriormente, sobre as adaptações de livros a filmes, que muitas vezes não são tão felizes - no entanto, é possível sim, ter adaptações boas de livros, como a recente adaptação do livro "Agente 67" e o seu respectivo filme "A Ilha do Medo", com Dicaprio, entre outros.Fazer uma adaptação de um livro clássico durante a história requer muita coragem e é nesse ponto que devemos vangloriar Burton.Sobre o filme, se mais uma vez você deseja encontrar uma cópia fiel ao livro...não irá achar!E é melhor deixar essa ideia para lá, aceitando o desafio que Tim Burton nos propõem.Acredite, você não irá se arrepender!Temos a rainha vermelha, com uma cabeça tão grande, fazendo de si uma figura tão bizarra, que quando sua cena acaba, queremos que ela volte logo.Já o Chapeleiro, que, talvez, tenha aparecido de mais...O pontos altos são as pequenas interferências da Lagarta Azul e o Gato Inglês, que me animavam enquanto a história teimava em fazer sentido...


Quando afirmo "teimava em fazer sentido" acredito que quem leu o livro irá concordar comigo, que o desenrolar da obra de Lewis acontece sem nenhuma relação lógica entre elas, quase como funciona a imaginação de uma criança.O filme transforma o livro também numa batalha maquiavélica - entre o bem e o mal - coisa que não acontece no livro, como por exemplo, no livro a rainha manda que cortem a cabeça de vários, porém ninguém a obedece...Mas talvez o filme tenha que se transformar um hollywoodiano...É... não há como não admitir que tenha ficado um pouco decepcionado com a adaptação, talvez por ter lido recentemente o livro, não sei.Mas, depois de um certo tempo após o filme, acredito que uma interpretação fiel do livro daria, hum, talvez um filme bem menos interessante...Já que algumas passagens do livro funcionam tão bem no papel, de forma que é riquíssimo para a imaginação de quem lê e que não renderia um filme atraente para o grande público.Afinal de contas, o cinema, com sua abundância visual, deixa muito pouco para a fantasia...


A "Alice" de Tim Burton é sim uma criação incrível visual a qual recomendo sem hesitar.Mas para viver toda a imaginação dos personagens de Carroll, ainda prefiro ficar com o livro na minha cabeceira...

11 comentários:

Inez disse...

Parabéns pela excelente anáslise sobre o livro e o filme Alice no país das maravilhas.

Marcos disse...

Que bom!!!
HOAHOAHOHAOHOAHOAHOHAOHOA

Fábio Flora disse...

A aventura proposta por Tim Burton é uma delícia. Destaque para a Rainha Vermelha vivida por Hele Bonham Carter. Abraços e sucesso com o blog!

Marcelo L. disse...

Belo modo de se expressar.
Você usa as palabras muito bem.
Abraços

Francorebel disse...

Se fora comparar com o livro, o filme vai sair perdendo... mas, pelo o que sei, o filme é apenas baseado na história de Alice no País das Maravilhas, ou seja, não segue a história original, mas faz uso de conteúdos do livro para criar algo novo... valeu!

Niko Travesso disse...

ñ li o livro, e ñ gostei mto do filme,ñ entendii bem suas críticas mas tudo bem...!

http://nikomoska.blogspot.com/

B. disse...

gostei do filme, ainda não li o livro, mas com certeza o livro é melhor que o filme.. sempre é.
vou ler esse livro!
ótimo poost!
obrigado pela visita no meu blog, compareça sempre que puder.
bom final de semana

♥ Evelin Pinheiro ♥ disse...

Oii Cassio!
então... quando pequena li várias vezes o livro (tinha várias coleções de classicos, mamãe sempre comprava) mas nunca entendi muito bem a história. Acho erealmente que vai um pouco além da compreensão de uma criança.
O filme ainda não vo, Tõ louca pra ver!

Kero destacar este comentário seu: "as eternas voltas que damos na vida sem chegar a lugar algum...". Muito bom... me inspirou para um próximo post!

BjOs e boa semana!
http://www.evesimplesassim.blogspot.com/

Anônimo disse...

Bom, nunca li o livro, nem assisti ao file( ainda espero uma "oportunidade"), mas desde criança, desde criança mesmo que eu conheco a historia, pq tinha em casa, em vhs mesmo, o desenho... confesso que nao era um dos meus preferidos, na verdade passava loonge. Achava meio macabro, ou fantasioso demais...nunca fui muito com a cara de historias assim "MEIO SURREAIS", mas talvez, eu assistindo ao novo filme, passe a gostar, assim como gosto da Fantastic Fabrica de Chocolate, que é fantasioso e eu gosto muito. Alem do mais, Jonhy Deep e otimo, adoro os filmes deles... creio q vale muito a pena eu conferir.. Um abraço!

Dominici disse...

ops, so esqueci de me indentificar... o comentario acima e meu...

abraço de novo!!

=)

Thiago Matos disse...

Parabéns!
Me deu vontade de ver o filme! ^^
Abrazz!