sábado, 19 de fevereiro de 2011

Mentiras

Eu minto, tu mentes, ele/ela mente, nós mentimos, vós mentis, eles/elas mentem... Mentiras, mentiras e mentiras... é improvável que você não tenha mentido até esse exato momento e caso sim, mais improvável ainda que você fique sem mentir até o resto de sua vida. Mas porque nós mentimos?

São tantos tipos de mentiras e é interessante pensar em até que ponto nós temos aquela situação de, talvez, medo de contar a verdade. Talvez, para evitar possíveis problemas de imediato, mas e os posteriores, caso descubram que aquilo era uma mentira? Existem vários tipos de mentiras, algumas que eu acredito ser inevitável, que cometemos e uma que é realmente de praxe, como aquela pergunta que geralmente fazemos de modo meio que inconsciente, talvez pelo fato de que a sociedade ache essencial, que é a "tudo bem?" e o melhor de tudo é a resposta que vem de imediato "tudo". Claro que na maioria das vezes nós perguntamos apenas por perguntar, por educação, não que nós venhamos a nos importar realmente e aí vem a pessoa e responde: "tudo".

"Tudo"... Tudo mentira. Primeiro que, a princípio, acredito que nós não temos acesso a tudo o que nós pensamos, o tal inconsciente, então partindo disso, como vamos fazer uma pergunta que sabemos que o próximo não está habito a responder? E aí, vem a resposta hipócrita, de que sim, está tudo bem... Ou não! Há também aquelas pessoas que não perdem a oportunidade para contar aquele dilema, historia de toda um tragédia/desgraça que aconteceu em sua vida...E existe aquele famoso "estou chegando", "estou saindo", também de praxe, engraçado que os dois citados anteriormente podem depender, variar, de vários pontos de vista.

Hm... e que tal aquela famosa saia justa, "olha deu um probleminha no sistema e, infelizmente, não vai dar para ser resolvido agora, tudo bem se for mais tarde?" aí vem a resposta: "tudo". Tudo?! claro que não está tudo bem... Há casos que se cria um medo em responder o que realmente vamos fazer, o que realmente estamos com vontade de fazer, como por exemplo, "Olha já chamei todo mundo que nós conhecemos em comum para um show que vai ter próximo sábado, e aí, vamos?". Quando não se está afim, muitas vezes começamos com um discurso, toda um explicação do tipo de que "talvez não dê pra ir por causa de um problema que aconteceu, etc", quando na verdade é apenas você que não está afim de tal programação.

Então, afinal, porque nós mentimos? E qual é aquela frase ou expressão de que quando você fala, todos já podem ficar ciente de que é mentira?No meu caso é "Quer saber de uma coisa? Eu não estou nem aí!" rs

7 comentários:

Lucas disse...

Manolo, mentir é inevitável. No entanto, é sempre bom dizer a verdade e ser sincero. Doa a quem doer.
Texto muito massa. Crítico e verdadeiro.
Por: http://quaddronegro.blogspot.com/2011/02/ao-som-do-silencio.html

Sandro Batista disse...

Não vejo todas as mentiras como prejudiciais... Acho que o que é prejudicial numa mentira, é quando ela vem acompanhada da má intenção, da vontade de fazer mal a alguém. Mentirinhas sem importância, não acho que desabone ninguem, desde que claro, não vire um hábito.

Em geral não minto, não sei que frase que eu digo que é prova de que estou mentindo, até porque , dizem, eu falo com os olhos, logo, as vezes minha cara diz tudo...hehehehhehehe

Deixa eu ver... acho que quando digo "Não quero saber de nada" , em geral, estou mentindo. Uso em geral quando estou irritado com algo, e pra não me irritar ainda mais, digo isso, mas na verdade eu prefiro não saber, pra não piorar mais ainda algumas situações.

http://estacaoprimeiradosamba.blogspot.com/

Wellington disse...

Já pensei sobre isso e tomei a atitude de dizer direto o que pensava. Alguém dizia: Vamos comigo naquela pizzaria e eu dizia: -Não tenho dinheiro e não quero pizza. Alguém dizia: -"Vamos comigo até a casa de fulano?" E eu respondia: -"Não gosto dele, ele é falso!" E isso soou como se eu fosse chato, grosso etc. Temos que de certa forma mentir para fazer o "social" e permanecermos em harmonia com a galera. Mentir faz parte! Como Fernanda Takai canta:
"Meu ser é assim desde criança
Não de confiança
Não posso parar de mentir
Mentira branca, mentira preta
Sem querer
Eu minto pra você
Ó, meu benzinho
Não posso lhe dizer a verdade
Não posso parar de mentir no mundo"

...hahaha...

Adorei seu blog!

Abraços!

http://nwbikiyouyou.blogspot.com/

Laryssa Franklin disse...

Eu nem minto! HSUIAHISUHAIUS #mentira

Robson Araújo disse...

Como diria Dr. House: todo mundo mente..rs




se possível, visite meu blog

www.semente-terra.blogspot.com

Re disse...

Acho que depois desse post nunca mais vou mentir!!!Ai que mentira rsrsr

Alexandre disse...

asauhsuahsuhas! Adorei ri altas vezes e se for pensar realmente em mentira agente ta ferrado mesmo todo mundo mente! E parabéns Vlw!

passa no meu?
http://voandoalem.blogspot.com/